Governo de Goiás

METROBUS - A serviço do cidadão

Procure o que você precisa:
Quarta, 13 de Novembro de 2019
Notícias
Metrobus leva conscientização sobre o Maio Amarelo para Eixo Anhanguera e extensões
21/05/2019 16h47

Ações de conscientização em prol de um trânsito mais humano e harmônico são realizadas em todos os meses do ano. Maio, no entanto, recebe uma atenção especial pois no mesmo mês em 2011, a ONU decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. Desde então, um forte movimento se fortaleceu e o Maio Amarelo se institucionalizou. No Brasil, a partir 2014, o Departamento Nacional de Trânsito (Detran) intensifica as ações educativas dentro do mês. Maior empresa de transporte coletivo do Centro-Oeste, a Metrobus também apoia o movimento levando a todo o Eixo Anhanguera e extensões em Senador Canedo, Goianira e Trindade mensagens de conscientização na traseira dos veículos. As peças gráficas foram desenvolvidas pelo Detran-GO, por meio do Governo do Estado de Goiás e trazem o mote: "No trânsito, o sentido é a vida".

De toda a frota da Metrobus, 50 veículos levam aos passageiros mensagens conscientizadoras para um trânsito mais seguro. São três peças diferentes que levam a reflexão daqueles que veem as mensagens. Uma das peças trás a seguinte mensagem: "Sem ação, suas palavras não fazem sentido". Por exemplo, não adianta pedir desculpas depois que um acidente ocorre por conta do excesso de velocidade. "O risco de acidente aumenta 30 vezes quando ultrapassamos a velocidade permitida", diz uma das peças. A informação é da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet). Em outra, a referência ao uso do freio é utilizada: "(Brec)ando" ao lado de uma menina fazendo o gesto de "pare". A informação que a peça traz, além de revela algo assustador: "50% dos pedestres atropelados não resistem aos ferimentos e morrem". O dado é da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). A terceira revela a importância do respeito a legislação em não falar ao celular enquanto dirige. Não cabe "Atendi(mento)" telefônico, no trânsito. Além de custar caro ao bolso dos que desrespeitam a lei - a multa é de R$ 283,47 e sete pontos anotados na carteira de motorista - a peça também revela um dado impactante: "O celular é a terceira maior causa de mortes no trânsito no Brasil". A informação também é da Opas.

Maio amarelo o ano todo

O presidente da Metrobus, Paulo Cezar Reis menciona a importância da estatal levar mensagens de conscientização aos passageiros e também à aqueles que passam pelo Eixo Anhanguera. "Nossos ônibus atingem milhares de pessoas. Mesmo sendo algo rápido, é tempo suficiente para elas refletirem no que está sendo exposto. As pessoas podem melhorar tanto como motoristas e também como pedestre", salienta. Ao motorista da Metrobus, Paulo ainda ressalta que eles irão decorar as informações exibidas. "Quem dirige um ônibus vai guardar todas os números exibidos e as informações das peças. Vão ter muito mais cuidado", brinca. Paulo afirma que novas iniciativas a partir da empresa irão acontecer num futuro. "Não podemos parar na questão da conscientização. Continuaremos apoiando e trabalhando em causas que humanizem o transporte", salienta.

Quem também gostou do que viu foi o gerente de transporte da empresa, João de Castro Torres. "Precisamos de ações assim. Um trânsito mais harmônico passa por uma série de ciclos que vão desde os órgãos públicos até aqueles que atuam como motoristas e pedestres. Um cuidando do outro e aos poucos vamos diminuindo esses números tão expressivos que mostram como nosso trânsito infelizmente, ainda é violento", lamenta. A solução então é insistir em campanhas assim, salienta Castro. "A gente sabe que apesar de Maio ser um mês dedicado a conscientização, não iremos parar em criar iniciativas e apoiar outras, como essa do Detran. A Metrobus, como empresa de transporte coletivo, tem o dever de tomar frente à essa pauta em outras épocas do ano e assim o faremos", enfatiza João, endossando a postura do presidente da companhia.

Motorista da empresa há 5 anos, Édio Martins diz que não há como deixar de reparar no conteúdo das peças. "São impactantes e fazem com que todos nós reflitamos. As vezes reparo que os passageiros sentados mais a frente do ônibus comentando sobre as mensagens. Ficam assustados e conversam entre si". O estímulo provocado pela ação, inclusive, é algo positivo para o motorista. "Fazer com que as pessoas conversem sobre o assunto. Se não fosse uma campanha como essa provavelmente não se dariam conta disso", reflete. Édio conclui dando a sugestão: "Podem renovar essas campanhas no para-brisa dos nossos ônibus a cada três meses. Com dados novos e revelantes. Seria muito positivo para todos nós", pontua.

O presidente do Detran-GO, Marcos Roberto Silva explica a importância da participação da instituição no Maio Amarelo e ressalta que a grandeza do movimento em todo o mundo. “O Maio Amarelo não é uma ação do Detran, mas um movimento mundial, uma forma da sociedade dizer um basta ao número absurdo de acidentes de trânsito”.

Sede Administrativa - Rua Patriarca, 299 Vila Regina CEP: 74.456-610 - Goiânia–GO

© Copyright 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento